Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Camaras Técnicas de Neurocirurgia, Informática, Fronteira e Ortopedia realizam reuniões Imprimir E-mail
Ter, 15 de Maio de 2018 14:09

Câmara Técnica debateu a revisão da Resolução nº 1.821/07, que trata sobre digitalização de prontuáriosTrês Câmaras Técnicas e duas comissões do Conselho Federal de Medicina (CFM) reuniram-se na manhã desta terça-feira (15), na sede da autarquia, em Brasília (DF) para analisar pareceres e propostas de normatização. Foram realizadas reuniões das Câmara Técnicas de Neurologia e Neurocirurgia, de Ortopedia e Traumatologia e de Informática, além das comissões de Integração dos Médicos de Fronteira e sobre a Tuberculose no Brasil.

A Câmara Técnica de Informática em Saúde debateu, por exemplo, a atualização da Resolução CFM nº 1.821/07, que trata da digitalização dos prontuários médicos. “Nesses onze anos houve um aumento exponencial na informatização dos consultórios e hospitais. Além disso, milhares de exames são realizados diariamente e temos de dar caminhos para o melhor arquivamento dessas informações”, afirmou o coordenador da Câmara Técnica, conselheiro federal Aldemir Humberto Soares.

Participaram dessa reunião da Câmara Técnica, além do coordenador, Beatriz de Faria Leão, Chao Lung Wen, Cláudio de Souza, Cláudio Giuliiano Alves da Costa, Cláudio Orestes Britto Filho, Gerson Zafalon Martins, Jacson Venâncio de Barros, Ruy Cezar Ramos  Filho e Sylvain Nahun Leya.

Neurocirurgia – A Câmara Técnica de Neurologia e Neurocirurgia foram avaliados protocolos enviados ao CFM, que tratavam de temas como o monitoramento neurofisiológico transcraniano e a neurocirurgia funcional por Raio-X. O coordenador da Câmara Técnica, conselheiro federal Hideraldo Cabeça, também fez um relato do I Fórum de Neurocirurgia do CFM, em março deste ano. “Foram muito ricos os debates sobre a incorporação de novos procedimentos. O próximo passo é dar os encaminhamentos necessários”, afirmou. Câmara Técnica de Neurologia avaliou o resultado do I Fórum de Neurocirurgia, realizado em março na sede do Conselho

 Participaram da reunião, Hideraldo Cabeça, Acary Souza Bulle Oliveira, Gilmar Fernando do Prado, Luiz Alberto Bacheschi, Oldemir Hardoim Júnior, Paulo André Teixeira Kimaid e Mauro Suzuki.

Câmara de Ortopedia e Traumatolgia discutiu a programação do I Fórum da especialidade no ConselhoFórum – A Câmara Técnica de Cirurgia e Ortopedia e Traumatologia debateu a programação do I Fórum de Ortopedia do CFM, a ser realizado no dia 4 de outubro, em Brasília. Entre os temas a serem debatidos, o encontro discutirá a quem cabe a escolha do uso de materiais de implante.   “Este será um dos temas mais polêmicos”, adianta o coordenador da Câmara Técnica, conselheiro Anastasia Kotzias Neto. A reunião contou com a participação de José Luiz Amim Zahar, Marcelo Lemos dos Reis, Paulo Lobo Júnior, Renato Brito de Alencastro, Ricardo Munir Nahas, Roberto Álvares Pintan e Anastasio Kotzias.

Fronteira - A Comissão de Médicos de Fronteira também realizou uma avaliação do II Fórum de Médicos de Fronteira, realizado em abril, em Campo Grande (MS). “O evento foi um sucesso, com ampla repercussãoComissão para Integração de Médicos de Fronteira  discutiu o ensino da saúde indígena e  nas comunidades ribeirinhas da mídia e debates profícuos. Vamos, agora, dar continuidade ao que foi debatido, como o currículo e o projeto pedagógico para o ensino da saúde indígena e a saúde nas comunidades ribeirinhas”, avaliou a coordenadora da Comissão, conselheira Dilza Terezinha Ambros Ribeiro. Participaram dessa reunião, além da coordenadora da comissão, os conselheiros federais Wirlande Luz, Ademar Carlos Augusto e Maria das Graças Creão Salgado e Nelson Neumann.

Tuberculose – A programação do I Fórum sobre Tuberculose, previsto para o início de agosto, na sede do CFM, foi debatida na reunião da Comissão para Comissão discutiu o esforço necessário para atingir meta da OMS de erradicação da tuberculose no mundoDiscussão sobre Tuberculose no Brasil. “O nosso país tem conseguido melhorar, paulatinamente, seus índices, principalmente no que diz respeito à mortalidade causada pelo bacilo, mas ainda a passos muito lentos. Para conseguirmos atingir a meta de Organização Mundial de Saúde (OMS) de erradicar a tubérculos, teríamos de reduzir o contágio em 15% ao ano,  só que o nosso índice é de 2,2%”, relatou a pneumologista e pesquisadora Margareth Maria Pretti Dalcomo, integrante da comissão.

Também participaram da reunião, o conselheiro Sidnei Ferreira, coordenador da comissão, e o professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro Clemax Couto Sant´anna. Na manhã desta terça-feira, o 1º vice-presidente do CFM, Mauro Ribeiro, recebeu em audiência o presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia (Sobed), Flávio Hayado Ejima, que estava acompanhado de diretores da entidade.

Para conferir mais imagens das reuniões realizadas no Conselho, clique aqui para acessar a página do CFM no Flickr.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br | CNPJ: 33.583.550/0001-30