Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Compromissos éticos e diretivas antecipadas de vontade marcaram abertura de congresso de Bioética, em Recife Imprimir E-mail
Qui, 28 de Setembro de 2017 09:20

IV Congresso Brasileiro de Bioética Clínica debateu as diretivas antecipadas de vontadeNa abertura do IV Congresso Brasileiro de Bioética Clínica, organizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), realizado nesta quarta-feira (27), o presidente da autarquia, Carlos Vital, ressaltou os desafios éticos para a classe médica e a sociedade. Diante de uma plateia composta por pesquisadores, professores, estudantes e representantes de várias entidades civis e órgãos governamentais, ele reafirmou o compromisso da autarquia com a defesa dos princípios éticos que devem nortear o exercício da atividade médica e a cidadania.

Da solenidade, ainda participaram o presidente do XII Congresso Brasileiro de Bioética, José Thadeu Pinheiro, que também representou a presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), Regina Parizi; o presidente do Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (Imip), Gilliatt Hanois Falbo Neto; o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe), André Dubex; a presidente da Associação Médica do Estado de Pernambuco (AMPE), Helena Carneiro Leão; o presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Tadeu Henrique Pimentel Calheiros; e os conselheiros federais e diretores do CFM José Hiran da Silva Gallo e Sidnei Ferreira.

O IV Congresso Brasileiro de Bioética Clínica aconteceu no escopo do XII Congresso Brasileiro de Bioética, promovido pela SBB, que se estende até a próxima sexta-feira (29), na sede do Imip, em Recife (PE). Os organizadores afirmam que ambos os eventos têm o objetivo principal de alcançar novos patamares palpáveis na reflexão e encaminhamentos sobre o binômio Liberdades e Responsabilidades, no âmbito da bioética. Os pontos de partida são a discussão intelectual e acadêmica, a reflexão filosófica, a formação e a vivência profissional, a troca de experiências, a pesquisa, os avanços da humanização, em todas as áreas a ela sensíveis, e as práticas desse saber.

Inquietação - O tema central, que focaliza o binômio Liberdades e Responsabilidades, visa refletir sobre o momento da Bioética no Brasil e no mundo, onde reina a inquietação e o questionamento em relação aos valores estabelecidos. Tal inquietação se origina em fatos marcantes e questões sociais, que devem ser repensados, analisados e avaliados. Para os organizadores, aos congressos caberá buscar proposições focais que sirvam ao equacionamento de soluções bioéticas a serem recomendadas.

Na sequência da solenidade de abertura, o professor Rui Nunes, coordenador do Programa de Doutorado em Bioética, mantido pelo CFM em parceria com a Universidade de Porto (Portugal), fez uma conferência sobre “Diretivas antecipadas de vontade”. Na ocasião, apresentou diferentes aspectos relacionados ao tema. Segundo ele, cada vez mais, essa possibilidade exige uma reflexão por parte da sociedade para que sua implementação possa assegurada, garantindo aos cidadãos o direito do exercício pleno de sua autonomia.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br