O Conselho Federal de Medicina (CFM) está preparando uma iniciativa para atrair pesquisadores, professores, profissionais e estudantes para que submetam seus originais, ainda inéditos, para a Revista Bioética. Assim, espera-se ampliar o número de artigos enviados para análise do corpo editorial da publicação, considerada uma referência nacional.

Os artigos enviados serão analisados em relação aos seguintes aspectos: ineditismo, enquadramento à linha editorial, originalidade das ideias apresentadas, atualidade, clareza do texto, adequação da linguagem, relevância das informações, coerência e lógica conceitual e metodológica.

Além desses pontos, são analisados o título, o resumo, a indicação e o nome das partes do manuscrito, a indicação dos objetivos, o método, a apresentação de resultados, a discussão e as considerações finais, tal como especificam as normas editoriais. São verificadas ainda as referências, considerando sua adequação e atualização – entre outros itens especificados nas normas editoriais da revista, que podem ser acessadas em:  https://goo.gl/1paafP

Aqueles que desejarem submeter seus trabalhos à análise da publicação devem se cadastrar na plataforma da revista (revistabioetica.cfm.org.br) e postar o manuscrito no site (em formato Microsoft Word, OpenOffice ou Rich Format Text, RTF). Esta é a única forma aceita para o envio. O link direto para acessar a página de cadastro e fazer a submissão é:  https://goo.gl/jWFvVN

Pareceristas ad hoc – Em paralelo, o CFM também quer ampliar a divulgação junto ao meio acadêmico da possibilidade de que interessados, devidamente qualificados, possam contribuir com o periódico na função de colaboradores ad hoc.

Os candidatos a parecerista ad hoc devem cadastrar-se diretamente na plataforma da Revista Bioética (acesse revistabioetica.cfm.org.br e clique em CADASTRO) e, em seguida, enviar e-mail à Revista Bioética (bioetica@portalmedico.org.br) comunicando sua disponibilidade em colaborar e informando os seguintes seis dados a seguir:

  • área de formação, na graduação e pós-graduação;
  • experiência profissional;
  • área de interesse e pesquisa;
  • instituição de trabalho;
  • cidade, estado, país; e
  • link para o currículo Lattes ou documento similar, no caso de estrangeiros.

Os pareceristas ad hoc são avaliadores capacitados a emitir parecer sobre área específica do conhecimento. Devem ser especialistas, mestres e doutores nestas áreas e avaliam os manuscritos submetidos ao periódico atinentes a tais temáticas, em conjunto com os editores e o corpo editorial da revista. O processo adota o sistema duplo cego e um trabalho só será aprovado para publicação se receber dois pareceres favoráveis de três avaliadores.

Após a leitura do manuscrito estes colaboradores preenchem um formulário de avaliação no qual indicam se os trabalhos podem ser aprovados; se necessitam alterações; se devem ser reexaminados após as alterações exigidas; ou se não foi aceito para publicação. Os pareceres de cada avaliador são consolidados em um único documento, enviado ao autor para conhecimento e correção, quando indicado.

Saiba mais sobre a Revista Bioética: revistabioetica.cfm.org.br

Saiba mais: Periodicidade trimestral da revista Bioética estreia em março

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.