Uma iniciativa inédita do Conselho Federal de Medicina (CFM) pretende trazer novos olhares sobre a aplicação da publicidade médica na interação com o público. Para isso, a Comissão Nacional de Divulgação de Assuntos Médicos (Codame) prepara uma série de webinars sobre o tema. Os eventos, que serão realizados para público restrito e que tem uma interface com o tema, ocorrerão todas as terças-feiras do mês de abril, sempre às 19h.

A atividade será disponível apenas para os conselheiros federais e regionais de medicina e os membros das comissões de divulgação de assuntos médicos (nacional e estaduais). Durante os encontros, os participantes poderão interagir com os convidados. Os webinars ocorrem dentro do processo de atualização da Resolução 1.974/2011, que normatizou a publicidade médica no País.

Encontros – A série de webinars será baseada em quatro encontros. O primeiro deles abordará questões gerais sobre publicidade, propaganda e marketing na prática médica. A atividade, prevista para 6 de abril, contará com a participação do 3º vice-presidente do CFM, Emmanuel Fortes. Junto ao Conselho, ele coordena os trabalhos de atualização das normas.

“O paciente é impactado diretamente pela maneira como o médico se comporta, dentro e fora do ambiente de trabalho, portanto, sempre devemos ter cuidado como nos comunicamos”, argumenta o diretor, que tratará no evento sobre o embasamento jurídico para a publicidade médica.

Durante o primeiro webinar, ainda serão debatidos temas como marketing e promessas de resultados na medicina; a guerra de marketing entre as categorias profissionais; e a responsabilidade civil do médico.

A relação com a imprensa e o público será o tema do segundo webinar do CFM, previsto para 13 de abril. No programa, discussões sobre gestão de imagem, construção de mensagens chaves e relacionamento com os jornalistas e veículos de comunicação.  Também haverá espaço para debate técnico com informações sobre como agir em situações de crise.

Redes sociais – Nos últimos anos, em especial no período de pandemia, os médicos intensificaram sua presença no ambiente digital, nas redes sociais, buscando maior interação com a população. Buscando orientar uma abordagem correta neste espaço, o CFM promove o terceiro webinar com esse tema. Na atividade, que ocorrerá em 20 de abril, os médicos poderão aprender mais sobre a forma ética e correta de se divulgar nas redes.

“O uso desenfreado das plataformas por número considerável de médicos facilita a criação de conteúdos inadequados, ignorando as regras e o bom-senso. O médico pode sim usar as redes sociais para divulgar seu trabalho, mas sem arriscar a ética e a credibilidade da categoria. É importante que saibam seus limites, e a possibilidade do bom uso das ferramentas”, explica Fortes.

Para encerrar a série, o quarto encontro tratará de gestão de carreiras. No evento de 27 de abril, os especialistas tratarão de assuntos como as tecnologias aplicadas à publicidade médica e a necessidade do marketing médico. O encontro será conduzido por publicitários, advogados e especialistas em administração e contabilidade.

Formato – Cada encontro terá, em média, duas horas e será no formato de exposição seguida de debate. No entanto, cada participante terá a liberdade de definir como conduzirá o seu tema, adaptando-o aos seus objetivos.

O evento não será aberto para a categoria médica em geral. O público alvo são os conselheiros federais e regionais de medicina e os membros das comissões de divulgação de assuntos médicos.

Os encontros são organizados pela Comissão Nacional de Divulgação de Assuntos Médicos (Codame) do CFM.

 

Notícias Relacionadas

PUBLICIDADE MÉDICA: Justiça mantém decisão do CFM e do Cremec contra médico que violava preceitos éticos

25 ago 2020

Publicidade médica foi destaque em primeiro dia de debate de I Congresso Virtual de Direito Médico

14 nov 2020

CFM prorroga prazo de consulta pública sobre publicidade médica até dia 20

02 mar 2020

CFM realiza consulta pública sobre publicidade médica até o início de março

31 jan 2020

CFM informa: regras de publicidade e propaganda médicas permanecem válidas

25 set 2019
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.