Várias reuniões de comissões e câmaras técnicas estão sendo realizadas esta semana no Conselho Federal de Medicina (CFM). Na terça-feira (9), a Comissão de Cooperativismo Médico debateu, entre outros assuntos, a proposta de plano de saúde popular defendida pelo Ministério da Saúde. Os participantes se mostraram preocupados com o formato da proposta e ficou decidido que na próxima reunião da Comissão, marcada para o dia 12 de julho, serão convidados representantes do Ministério da Saúde, da Agência Nacional de Saúde Suplementar, da Procuradoria Federal dos Direitos dos Cidadãos e do Conselho Nacional de Justiça, que explanarão suas posições sobre os planos de saúde acessíveis. Participaram dessa reunião da Comissão de Cooperativismo Médico: Hiran Gallo (coordenador), Alexandre Gustavo Bley, Almerindo Brasil de Souza, Carlos Antônio de Lima Amorim, João Modesto Filho, José Gonçalves Sestello, Norberto José da Silva Neto e Genival Queiroga.
A elaboração de uma cartilha sobre doenças raras foi discutida no encontro
Já a Câmara Técnica de Doenças Raras, também reunida na terça-feira (9), tratou dos encaminhamentos para a elaboração de uma cartilha e de vídeos com informações sobre as principais síndromes consideradas raras. Também foi debatida a judicialização da saúde. Participaram dessa reunião, o presidente do CFM, Carlos Vital (coordenador da Câmara), Aníbal Gil Lopes, Antoine Daher, Carolina Fischinger Moura de Souza, Claudiosvam Martins Alves de Sousa, Jorge Alves de Almeida Venâncio, José Francisco da Silva Franco, Maria José Delgado Fagundes e Victor Ferraz.

 

VIII Fórum Nacional de Ensino Médico – A Comissão de Ensino Médico, que também se reuniu nesta terça-feira (9), definiu a programação do próximo Fórum de Ensino Médico, marcado para os dias 19 e 20 de outubro. Serão realizadas três mesas, que debaterão os seguintes temas e subtemas: Evolução no número Comissão discutiu a programação do próximo Fórum Nacional de Ensino Médicode escolas médicas – tendências e desafios (cenários de prática diante das Diretrizes Curriculares vigentes, hospitais de Ensino e Ebserh, Coapes e integração com o SUS, acreditação de escolas médicas); Residência Médica x especialização médica (importância da meta de competência para a residência médica, formação pedagógica dos preceptores e avaliação da residência médica); Processo de Revalidação de diplomas médicos no Brasil (Revalida e outras revalidações, aspectos legais dos outros processos de revalidação e posição do CFM). Por fim será realizada uma conferência sobre a FAIMER Brasil, programa de capacitação para docentes de graduação em saúde, realizado em parceria entre a Fundação FAIMER, sediada na Filadélfia, e a Universidade Federal do Ceará. Mais informações sobre a FAIMER Brasil podem ser obtidas aqui.

Participaram da reunião da Comissão de Ensino Médico, Lúcio Flávio Gonzaga (coordenador), Dalvélio de Paiva Madruga, Henrique Batista e Silva, Hermila Tavares Villar Guedes, Itagiba de Castro Filho, José Odair Ferrari, José Roberto de Souza Baratella e Márcia Hiromi Sakai.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.