Clique na imagem para acessar o PDF 

Permanece a desigualdade na distribuição de médicos pelo País. Este é o destaque da nova edição do jornal Medicina, do Conselho Federal de Medicina (CFM). A matéria apresenta os principais números do estudo Demografia Médica no Brasil 2018, que aponta: apesar do aumento no número de médicos (são 452.801 profissionais, atualmente), a maioria se concentra nas capitais e áreas desenvolvidas. Para CFM, faltam políticas públicas específicas para atrair esses profissionais para áreas menos desenvolvidas e desassistidas.
 
A edição aborda ainda temas como a suspensão de novos editais para abertura de escolas médicas no País, determinada pela Portaria nº 328, do Ministério da Educação (MEC); o aumento do rol de práticas alternativas no SUS, que recebeu críticas do Conselho; a nova cartilha que orienta os médicos sobre como agir em situações de atendimento a bordo; e as repercussões do I Fórum de Neurologia e Neurocirurgia do CFM, que discutiu novos procedimentos e terapias em saúde – entre outros tópicos. 
 
 

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.