Uma das lideranças da base governista no Congresso Nacional, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), defendeu que a Medida Provisória 890/2019, que cria o Programa Médicos pelo Brasil, seja mantida em seu formato original pelos parlamentares. “Precisamos dos médicos reunidos e organizados para pressionar os parlamentares para que possamos vencer esse Plenário, alterar o texto, e aprovar uma Medida Provisória que realmente seja boa para o Brasil, boa para os médicos e boa para os pacientes”.
 
A manifestação da deputada ocorreu em audiência nesta quinta-feira (17) com o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Mauro Ribeiro, e o 1º vice-presidente, Donizetti Giamberardino Filho. “Não é cabível a atuação no Brasil de profissionais sem registro no CRM. Devemos garantir que a revalidação de diplomas estrangeiros seja tratada com seriedade, tenha o Exame Revalida como requisito mínimo e seja prerrogativa exclusiva das faculdades públicas”, pontuou Ribeiro.
 
Assista o depoimento da deputada Joice Hasselmann:
 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.