Médicos jovens estão trabalhando em condições adversas, diz coordenador da comissãoMembros da Comissão de Integração do Médico Jovem reuniram-se nesta quinta-feira (20), na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM), em Brasília (DF), para fazer um balanço do 3º Fórum Nacional de Integração do Médico Jovem.

O evento, que aconteceu nos dias 25 e 26 de julho, em São Paulo (SP), debateu a realidade enfrentada pelo médico com menos de 40 anos, o impacto das inovações tecnológicas na atividade médica e a ética na medicina, entre outros temas.

O coordenador da comissão que organiza o fórum, conselheiro José Hiran da Silva Gallo, ressaltou a importância de o CFM dialogar com esses jovens profissionais, “que já somam 48% dos médicos brasileiros e que estão trabalhando em condições adversas, como a falta de investimentos em saúde pública”, disse.

Para aprimorar esse debate, o grupo já está programando a próxima edição do evento, que deve ocorrer em 2019. Devem ser divulgados em breve a data e local que será realizado.

Na sede do CFM, nesta quinta-feira, também ocorreram reuniões da Comissão de Cooperativismo Médico e da Câmara Técnica de Infectologia.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.