HEMO 2016 será realizado entre 10 e 13 de novembro, com palestras, aulas e conferências de profissionais de destaque nos cenários nacional e internacional para mais de cinco mil participantes

 
Hematologia, hemoterapia, anemia, trombose, doenças onco-hematológicas, doação de sangue, transplante de medula óssea, novos medicamentos e tratamentos, armazenamento de sangue de cordão umbilical, entre outros temas, serão discutidos a partir de abordagem científica e atualização de novos conceitos no Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (HEMO 2016), entre os dias 10 e 13 de novembro, na cidade Florianópolis, no Centro Sul – Centro de Convenções de Florianópolis – Av. Governador Gustavo Richard, n° 850 – Centro.

Organizado pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), o HEMO, é o terceiro maior congresso de hematologia do mundo e tem a expectativa de reunir mais de cinco mil congressistas da área da saúde, entre médicos, pesquisadores, biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, odontólogos, residentes e estudantes. “A edição de 2016 do HEMO trará atualização clínica e científica sobre conceitos aplicados dia a dia em hospitais, hemocentros e consultórios, com foco sempre no paciente que deve receber o melhor tratamento e diagnóstico preciso possíveis”, explica Helio Moraes de Souza, presidente do HEMO 2016 e vice-presidente da ABHH.

Entre as atividades de destaque estão a conferência magna sobre desafios do transplante de sangue de cordão, que será proferida por Eliane Gluckman, hematologista especialista em transplante de sangue de cordão umbilical, fundadora da Sociedade Europeia de Hematologia, dia 12 de novembro. Confira o posicionamento da ABHH sobre o armazenamento de sangue de cordão:http://goo.gl/IluPIq.

 Além da programação geral, o evento trará uma série de atividades pré-congresso, que incluem o curso “Pesquisa clínica: qual o caminho?” e o 1° Highlights of ISBT (International Society of Blood Transfusion) no dia 9 de novembro. O foco é ampliar o conhecimento dos participantes, dessa área em expansão no Brasil, uma vez que a pesquisa científica em hematologia, hemoterapia, onco-hematologia e terapia celular vem se desenvolvendo aqui a passos largos nos últimos anos, procurando acompanhar o desenvolvimento científico mundial, o que pode ser comprovado pelos trabalhos selecionados para apresentação durante o nosso congresso.   
 
Ainda, no dia 8 de novembro, a prova de Título de Especialista em Hematologia e Hemoterapia e nas áreas de atuação em Hematologia Pediátrica e Transplante de Medula Óssea, além das provas de Proficiência Técnica em: Enfermagem, Imuno-hematologia, Sorologia, Hematologia laboratorial e Hemostasia. O HEMO 2016, como vem fazendo nos últimos anos, disponibilizará espaço para que as ONGs e associações de pacientes hematológicos, onco-hematológicos e/ou receptores de hemocomponentes e hemoderivados se reúnam para discutir os progressos e as necessidades mais prementes dos pacientes.
 
Serviço:
Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (HEMO)
Organização: Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH).
Data: 8 e 9 de novembro – atividades pré-congresso/ 10 a 13 de novembro – congresso
Local: Centro Sul – Centro de Convenções de Florianópolis – Av. Governador Gustavo Richard, n° 850 – Centro.
Site:http://hemo.org.br/
Programação:http://hemo.org.br/program/prog-cientifica.php
Inscrições online até dia 25/9: http://hemo.org.br/inscreva-se/

 

 Sobre a ABHHA Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) reúne hematologistas e hemoterapeutas e tem como frentes de atuação o desenvolvimento educacional e científico dos especialistas. Filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), a ABHH possui mais de dois mil associados.

 

 

Fonte: ABHH

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.