O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), Sindicato dos Médicos do Estado (Sindimed-MT) e a Associação Médica (AMMT) se uniram em repúdio às declarações do deputado estadual Gilmar Fabris que no dia 24 de maio classificou como “mentiroso” o diretor-técnico do Hospital Regional de Sorriso, Roberto Satoshi Yoshida. Nesta semana, Yoshida concedeu uma entrevista emocionada falando da situação caótica daquele estabelecimento médico.

Clique aqui para acessar a íntegra da nota.

 

Fonte: CRM-MT

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.