iiencm2018-dermato

 

O último dia do II Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina 2018 (II ENCM2018) foi dedicado a conferências sobre cosmetologia e estética.

Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sérgio Luiz Palma destacou que, na cosmetologia, a relação médico-paciente deve ser protagonista – sendo que “a indústria da estética é um ator a ser considerado. Operadoras de planos de saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar também tem intermediado esse serviço, mas, nem sempre da forma ideal”.

Acidentes resultantes de técnicas mal aplicadas, como queimaduras com luz pulsada, preenchimento labial com substâncias inadequadas e, muitas vezes, adquiridas ilegalmente foram mostrados pelo conferencista – que chamou para a qualidade da formação em Dermatologia e para casos de exercício ilegal da medicina.

Segundo ele, “há 282 denúncias tramitando, nos órgãos de fiscalização, sobre o exercício ilegal da medicina, sendo a maioria dessas contra biomédicos, enfermeiros e fisioterapeutas – além de odontologistas que atuam na área estética, tentando ampliar suas competências”. O dirigente pontou que “Comunicação e atuação jurídica devem caminhar juntas na defesa profissional”.

Sobre a atuação médica, o Palma afirmou que “temos visto abuso médico nas redes sociais e trabalhado para educar. O nosso bem maior é a saúde e o nosso trabalho é em função dos nossos pacientes”, destacando que a SBD lançou o Guia de Boas Práticas nas Redes Sociais “para orientar médicos sobre o melhor uso das mídias, baseado nas resoluções do CFM e, em especial, no Código de Ética Médica – tendo como foco o paciente e o sigilo médico”. O guia está disponível para leitura no endereço eletrônico: www.sbd.org.br .

A conferência foi presidida pelo conselheiro federal pelo estado de Alagoas, Alceu Pimentel.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.