Reunião discutiu os preparativos para o 2º Encontro Luso-Brasileiro de Bioética

 

O Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina recebeu, nesta quarta-feira (13), a 49ª reunião entre Diretoria do Conselho Federal de Medicina (CFM) e presidentes dos Conselhos Regionais de 24 Estados e do Distrito Federal. Na pauta, questões estratégicas relacionadas à saúde e à profissão, além dos preparativos para o II Encontro Luso-Brasileiro de Bioética, que abre nesta quinta-feira (14), em Florianópolis, com debates sobre temas relevantes como pesquisa em seres humanos no âmbito da genética médica, pesquisa biomédica em animais, influência da indústria de fármacos e aprimoramento humano e moral.  

A reunião iniciou com uma saudação do presidente do CFM, Carlos Vital, seguida da fala dos presidentes dos CRMs, que agradeceram a acolhida do anfitrião do encontro, Marcelo Linhares. O presidente catarinense destacou a importância para o Estado de sediar a reunião e o encontro de bioética, que traz à capital catarinense os maiores pesquisadores brasileiros e portugueses da área. “É uma grande honra receber os nossos amigos, em especial pela relação da nossa cidade com Portugal”, disse.

Bioética – No período da tarde, também na sede do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina (Cremesc), houve reunião da Câmara Técnica de Bioética. O grupo acompanhou os últimos preparativos para a realização do II Encontro Luso-Brasileiro de Bioética e realizou o debate sobre pareceres solicitados por profissionais e instituições relacionados às temáticas que acompanha.

Da reunião, participaram 16 especialistas, dentre eles, José Hiran da Silva Gallo (coordenador da Câmara Técnica); o presidente do CFM, Carlos Vital; o secretário-geral, Henrique Batista e Silva;  o 2º secretário, Sidnei Ferreira; e os conselheiros Dilza Ribeiro (Rondônia) e Leonardo Luz (Piauí).

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.