O conselheiro Josilávio de Almeida Araújo foi respponsável pela construção da sede do Cremese

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) informa, com pesar, o falecimento, nesse domingo (6), do cardiologista Josilávio de Almeida Araújo, 68 anos. Professor da Universidade Federal de Sergipe (UFSE), o médico foi conselheiro do Conselho Regional de Medicina (Cremese) por duas décadas, de 1988 a 2008 e também exerceu o cargo de presidente da autarquia por dez anos, de 1998 a 2008. O corpo do médico foi velado e sepultado nesta segunda-feira (7), no Cemitério Colina da Saudade, em Aracaju (SE).

No período em que administrou a autarquia, o conselheiro foi responsável pela aquisição e construção da nova sede do Cremese. “Como membro da Diretoria, acompanhei todo o seu empenho para conseguir e viabilizar os recursos necessários para a construção da nova sede do Conselho, cujo objetivo era atender as novas necessidades, diante do crescente número de médicos no Estado de Sergipe. As entidades médicas do estado de Sergipe, de modo particular o Conselho Regional do Estado, devem-lhe agradecimento e homenagem especiais. Que a sua alma descanse em paz”, diz declarou Roosevelt Ferreira de Oliveira, vice-presidente na mesma gestão.

 A diretoria do CFM presta condolências aos familiares e amigos neste momento de dor.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.