Comissão vai analisar política antidrogas em outros paísesA Comissão de Controle do Tabagismo, recriada recentemente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), reuniu-se nesta quarta-feira (31) para aprovar seu plano de trabalho. Os participantes consideraram positivo o resultado alcançado anteriormente pela Comissão, como a cartilha “As consequências do tabagismo para a saúde” e o alerta quanto aos malefícios do narguilé, mas avaliaram que é necessário aumentar o escopo de atuação do colegiado. A Comissão debateu os impactos das ações do prefeito João Dória na cracolândia de São Paulo e analisou todas as alternativas permitidas pela legislação para o tratamento de dependentes químicos.

 Foi decidido que o CFM fará um levantamento sobre as políticas antidrogas em outros países, como forma de subsidiar o debate acerca do problema. “O tratamento de dependentes químicos apresenta pontos de vista muito divergentes e precisamos discuti-los bem”, avalia o coordenador da Comissão e 1º vice-presidente do CFM, Mauro Ribeiro. Também participaram da reunião, os conselheiros Jecé Brandão, Emmanuel Fortes e Leonardo Sérvio Luz, além do ex-conselheiro Gerson Zafalon Martins.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.