O Conselho Federal de Medicina (CFM) será um dos parceiros, junto com entidades como a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), Serviço Social da Indústria (SESI), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Advocacia-Geral da União (AGU) e muitas outras, a participar da elaboração da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho (CANPAT) 2018.

A primeira reunião para planejamento da campanha com representantes das instituições envolvidas foi realizada no dia 7 de fevereiro, em Brasília (DF). “Os médicos têm papel primordial não somente para a prevenção dos acidentes e das doenças do trabalho, mas para a promoção da saúde e da qualidade de vida de indivíduos e do coletivo de trabalhadores. Com a nossa participação na CANPAT, buscamos mobilizar e sensibilizar a comunidade médica e a sociedade sobre o tema”, afirma o presidente do CFM, Carlos Vital.

Em 2018, os organizadores e parceiros querem consolidar a realização da campanha e aumentar o seu alcance e as parcerias interinstitucionais em um movimento para atingir a maior quantidade de brasileiros, com objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância da instituição de uma cultura permanente em segurança e saúde no trabalho.

Os temas da CANPAT 2018 serão “Adoecimento Ocupacional”e “Quedas de trabalho em altura”. De acordo com dados da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), no Brasil, há um número inferior a 2% de comunicação de acidentes do trabalho (CAT) provenientes de adoecimento ocupacional, o que remete à necessidade de uma real verificação e estudo da questão.

Já os acidentes com trabalho em altura são frequentes e muitos danosos em nosso País, tanto que motivaram a publicação de uma norma específica em 2012, a Norma Regulamentadora nº 35. Não obstante, quedas de trabalho em altura ainda persistem em segundo lugar em óbitos por acidente de trabalho (AT) típicos com CAT registrada, segundo dados da SIT, o que leva à urgência em divulgar o tema.

Período – A CANPAT 2018 iniciará em abril e finalizará em outubro. Nesse período estão programados vários eventos, dentre os quais as cerimônias de abertura (prevista para o dia 3 de abril) e encerramento (em novembro, em data a ser definida), Cerimônia em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho (prevista para o dia 26 de abril), eventos nas diversas regiões do País (Norte, Nordeste, Sul e Sudeste), com seminários e debates junto com os parceiros e apoiadores (entre junho e setembro) e ações relacionadas ao Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas, além de operativos de fiscalização contra quedas em altura.

A iluminação de prédios está prevista no mês de abril, mês que marca a abertura da CANPAT e o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho (celebrado no dia 28). A cor escolhida será o verde, que é a cor relacionada à segurança do trabalho. Vários prédios públicos serão iluminados com esta cor como forma de sensibilizar a população para a importância do tema. No ano passado, o CFM aderiu à iniciativa.

Saiba mais – A Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho está prevista no Art. 155 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É conduzida anualmente pelo Ministério do Trabalho (MTE). Sua origem está ligada à Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho, instituída em 1953. Em 1971 foi instituída a CANPAT, que se tornou de caráter permanente.

Saiba mais: Ministério inicia Campanha de Prevenção de Acidentes do Trabalho de 2018 em abril

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.