luizrassi grande

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) informa o falecimento do cirurgião-geral e professor Luiz Rassi, ocorrido no último sábado (12), em Goiânia (GO). Ele estava internado no Hospital do Coração Anis Rassi, após passar mal em casa, e não resistiu a uma parada cardíaca.
 
Em nome dos mais de 426 mil médicos brasileiros, o CFM externa sua solidariedade aos familiares, amigos e admiradores do professor Rassi, desejando que seu exemplo de dedicação e compromisso com a ética seja seguido pelas novas gerações de profissionais da Medicina.

Considerado um dos médicos mais importantes de Goiás no século XX, Rassi tinha 96 anos de idade, quase 70 deles dedicados à Medicina. Seu trabalho sério e sua dedicação à profissão lhe renderam muitas homenagens de pacientes, amigos e colegas ao longo de sua vida. Em 2005, o Cremego lhe conferiu a comenda Honra ao Mérito Profissional Médico, em reconhecimento a sua grande contribuição à medicina goiana.
 
Rassi dirigiu a sessão que deu origem ao Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego), em 1957, e foi também o primeiro presidente e fundador da Associação Médica de Goiás (AMG), entre os anos de 1957 e 1959. Participou ainda da turma inaugural de professores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal, em 1959. Também presidiu a Sociedade Goiana de Gastroenterologia (1965-1966).
 
Filho de imigrantes libaneses, nasceu em Cuba e mudou-se para o Brasil ainda criança, tendo a família se instalado em Goiás; primeiramente na cidade de Vianópolis e mais tarde na capital, Goiânia.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.