O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou nesta quarta-feira (31) nota em que repudia a tentativa de parlamentares de aprovar, em regime de urgência, o Projeto de Lei nº 3.252/2020, que permite a contratação de “supostos” médicos graduados em instituições estrangeiras sem aprovação no Revalida. No documento, direcionado aos médicos e à população, são apresentados argumentos em defesa desse exame de validação de diplomas.

VEJA AQUI A ÍNTEGRA DA NOTA

O CFM apela ao Congresso Nacional para que derrube o PL 3.252/2020 e, “em lugar de soluções imediatistas e de apelo midiático, ajude a encontrar caminhos definitivos para o fortalecimento do SUS e a qualificação da oferta de cuidados para os brasileiros”.

Empenho – No entendimento do CFM, a discussão em torno desse projeto, sobretudo no momento atual da pandemia, representa uma agressão aos médicos e à população frontalmente. Para os conselheiros, é uma forma injusta de reconhecer o empenho despendido pelos profissionais que estão na linha de frente, atuando, muitas vezes, sob condições adversas, em jornadas exaustivas, colocando em risco sua saúde (física e mental), bem como de seus familiares.

O documento reforça que a necessidade de aprovação no Revalida para exercer a medicina no País representa uma medida de proteção à saúde e à vida da população. “Sem passar por esse exame, o qual é aplicado pelo Ministério da Educação, por meio do Inep (sem qualquer participação do CFM), o cidadão fica exposto a ser atendido por pessoas sem o conhecimento e as habilidades mínimas requeridas. O Revalida nunca foi instrumento de ação corporativa, mas de segurança para os brasileiros”.

A carta lembra ainda que a exigência de aprovação no Revalida para o exercício da medicina no Brasil por portadores de diplomas estrangeiros está prevista na Lei nº 13.959/2019. Tal norma objetiva evitar a divisão entre brasileiros, pois sem ela alguns pacientes ficariam irresponsavelmente nas mãos de pessoas cuja formação não se mostrou suficiente nos exames de revalidação.

Notícias Relacionadas

REVALIDA: Decisões da Justiça Federal no Norte do País reiteram exigência do exame a formados no exterior

08 set 2020

1ª Vara Federal Cível da Seção Justiça Federal no DF emite novas decisões em defesa do Revalida

08 set 2020

CFM defende exigência de aprovação no Revalida como forma de proteção à saúde e vida dos brasileiros

31 mar 2021

CFM reitera defesa do Revalida e se posiciona contra nova tentativa de flexibilização

07 ago 2020

No Norte do País, decisões da Justiça reiteram importância do Revalida

17 set 2020
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.