ct de psiquiatria grandeA Câmara Técnica de Psiquiatria reuniu-se nessa terça-feira (18) para deliberar sobre protocolos encaminhados ao Conselho Federal de Medicina (CFM) e para definir os temas a serem debatidos no Fórum de Psiquiatria, marcado para junho deste ano. O coordenador da Câmara Técnica, Salomão Rodrigues, sugeriu a inclusão de um debate sobre o suicídio entre os médicos, notadamente os psiquiatras. Outro ponto a ser incluído no Fórum será a política de saúde mental no Brasil, tendo como base as diretrizes aprovadas pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

A reunião também definiu a participação do CFM em seminário, organizado pelo Superior Tribunal de Justiça, sobre os 10 anos da entrada em vigor da Lei nº 11.343/06 (Antidrogras). “O que iremos dizer é que nesse período pouco foi feito em relação à prevenção e tratamento do problema de drogadição”, adiantou Salomão Rodrigues. Entre os protocolos, foi esclarecida uma dúvida de um psiquiatra assistente acerca da sua responsabilidade para autorizar, ou não, um paciente com transtorno mental controlado a voltar a portar arma no trabalho.alt

Participaram dessa reunião, além do coordenador, Antônio Geraldo, Juberty Antônio de Souza, Carlos Salgado e Rogério Wolf. Ao final, a conselheira Rosylane Nascimento Rocha foi convidada para esclarecer dúvidas sobre um dos protocolos.

Direito Médico – A organização do Congresso de Direito Médico, marcado para agosto deste ano, foi o principal assunto debatido na Comissão de Direito Médico, coordenada pelo 1º vice-presidente do CFM, Mauro Ribeiro. O grupo está definindo os temas que serão tratados nas conferências deste tradicional evento promovido anualmente pelo CFM, e que já está em sua sétima edição. 

Participaram dessa reunião, o presidente do CFM, Carlos Vital; o 1º vice-presidente Mauro Ribeiro;o corregedor do Conselho, José Fernando Maia Vinagre; Rosylane Nascimento Rocha, Antônio Carlos Roselli, Armando Otávio Vilar de Araújo e Sandra Krieger.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.