Reunião da Câmara Técnica de Medicina do Esporte debateu a elaboração da cartilha destinada a médicos e esportistas, além da organização do próximo fórum da especialidade médica, previsto para maio

 

A Câmara Técnica de Medicina do Esporte do Conselho Federal de Medicina (CFM) está elaborando uma cartilha destinada aos médicos, esportistas e profissionais de saúde com explicações sobre substâncias que provocam dopping. Os termos da cartilha foram debatidos nesta quinta-feira (1/2), em reunião da Câmara Técnica, que também tratou da organização do IV Fórum de Medicina do Esporte, marcado para o dia 11 de maio.

“Muitos atletas são pegos em exames antidoping porque usaram medicamentos prescritos por médicos que não são do clube e não tinham conhecimento das substâncias proscritas no esporte. Com esta cartilha, vamos explicar o que é dopagem e antidopagem e dar orientações para o uso de medicamentos”, explica o coordenador da Câmara Técnica, Emmanuel Fortes. Para o autor da cartilha, Hésoj Gley Pereira Vital da Silva, ela vai alertar os médicos para, em consultório, sempre perguntar se o paciente é atleta profissional, pois, em caso positivo, nem todos os medicamentos poderão ser receitados.

Participaram da reunião: Emmanuel Fortes, Fernando Solera, Hésoj Vital Silva, João Alves Grangeiro Neto, Ricardo Nahas, Roberto Vital, Serafim Ferreira Borges e Nabil Ghorayeb.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.