Porto – Faculdade de Medicina Hospital de São João 
( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Mais dois médicos vão obter o título de doutor em Bioética por meio do programa doutoral realizado pela Universidade do Porto (UP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM). Na próxima terça-feira (30), o ginecologista e obstetra Edson Luciano Rudey vai defender a tese “Medicina Defensiva e Cesárea no Brasil”. A defesa será feita de forma online pela plataforma Zoom. A outra defesa será no dia 1º de outubro, também ao meio-dia e de forma online, quando o psiquiatra Antônio Geraldo Silva vai defender a tese “Avaliação do Estigma de Médicos Psiquiatras em Relação aos Transtornos Psiquiátricos e Sua Associação Com Variáveis Sócio-Demográficas e Psicológicas”.

Edson Rudey faz parte da 7ª turma do Programa Doutoral em Bioética. A orientadora da sua tese é a Guilhermina Rêgo e a coorientadora, Maria do Carmo Leal. Já Antônio Geraldo Silva tem como orientador, Antônio José Pacheco Palha, e como coorientador, A Alexandre Paim Diaz. O coordenador do Programa no âmbito do CFM, conselheiro federal José Hiran Gallo, será um dos arguentes das duas bancas. Hiran Gallo é doutor em Bioética pela Universidade do Porto, onde defendeu uma tese sobre o alto índice de gravidez em adolescentes no Brasil.

Mais informações sobre o Programa Doutoral em Bioética do CFM e Universidade do Porto pode ser obtida aqui.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.