A perda de quase um milhão de consultas e exames de pré-natal em razão da pandemia é a manchete de capa do jornal Medicina nº 319. Levantamento realizado pelo CFM sobre o atendimento ao parto comparou o número de atendimentos realizados em 2020 e em 2019. Segundo o estudo, no ano passado foram realizadas 842 mil consultas a menos que no ano anterior, antes da pandemia.

Outro destaque de capa da edição é a denúncia apresentada em audiência na Câmara dos Deputados por entidades médicas da precarização dos serviços e baixa remuneração paga aos profissionais pelos planos de saúde. O representante do CFM no encontro, o segundo tesoureiro do Conselho, Salomão Rodrigues Filho, relatou aos parlamentares a elevada insatisfação dos médicos com as operadoras.

A publicação traz também informações sobre o III Fórum de Segurança do Paciente, promovido pelo CFM no canal do Conselho no YouTube. O encontro debateu, entre outros temas, o uso da telemedicina, segurança do ato médico e autonomia profissional e do paciente no atendimento a distância.

Palavra do Presidente – O artigo de autoria do presidente do CFM, Mauro Luiz de Britto Ribeiro, chama a atenção para a necessidades de políticas médicas no País. O diretor alerta para a necessidade de planejamento para o futuro, considerando a população médica brasileira em comparação com a de outros países e a necessidade de se tirar lições da atual crise sanitária e a interiorização responsável da medicina.

Todas essas informações e outros assuntos, como a defesa da aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 para médicos estão na edição nº 319 do jornal Medicina. Acesse AQUI.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.