“Gostaríamos de saber se há algum médico a bordo”, indaga o comissário de bordo após a decolagem do voo. Para discutir a assistência médica em aeronaves e todas as questões que envolvem o suporte médico a bordo, o Conselho Federal de Medicina promoveu, em 9 de março, o III Fórum de Medicina Aeroespacial, na sede da autarquia, em Brasília (DF).

O encontro reuniu especialistas em medicina aeroespacial, como representantes da Aeronáutica, Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Força Aérea Brasileira, companhias áreas, conselhos de medicina, Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, Infraero, Instituto de Criminalística, além de médicos interessados no tema.

Ambiente de voo – A primeira conferência no evento tratou sobre a adaptação do organismo humano ao ambiente hipobárico. A apresentação foi presidida por Emmanuel Fortes, também 3º vice-presidente do Conselho. A palestra foi ministrada pelo brigadeiro médico Flávio José Morici de Paula Xavier. O militar dirigiu o Hospital da Força Aérea do Galeão, de 2010 a 2012.

Pela manhã, foi realizada a mesa redonda “Doutor Posso viajar de avião?” A discussão abordou aspectos relacionados aos passageiros enfermos e sua liberação para voos em casos de doenças agudas e crônicas. O debate foi coordenado pelo presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial, Marco Antônio Ribeiro Cantero.

Na avaliação do coordenador da Câmara Técnica de Medicina Aeroespacial, Emmanuel Fortes, o encontro alcançou o objetivo de se discutir amplamente o tema. “Abordamos no Fórum a questão do pré-voo, antes do embarque do passageiro, e também o socorro às emergências médicas a bordo das aeronaves. Explicamos que é necessário, para quem tem algum tipo de patologia, pedir uma autorização do seu médico, para a segurança do próprio paciente durante o voo. Este deverá preencher alguns formulários para enviar para a companhia aérea. Ela é quem autoriza o paciente o passageiro viajar ou não”, explica Emmanuel Fortes.

Socorro médico a bordo – À tarde, foram abordados também temas como emergência médica a bordo das aeronaves comerciais. Uma mesa redonda abordou a realização de procedimentos como ventilação das vias aéreas para socorro de passageiros que precisem desse atendimento emergencial, o suporte material médico necessário, além dos aspectos legais do atendimento médico nos voos. Confira abaixo a programação completa do evento:

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.