Escrito por Hi Kyung Ann

 Que maravilha!

Mais uma vez expresso o meu respeito e admiração aos candidatos que realizam os sonhos dos pobres eleitores no ano da eleição. Quero e desejo eleição todos os anos, pois nos anos de eleição as cidades se transformam em verdadeiros canteiros de obras.

Nesse período os prefeitos realizam as obras que não fizeram nos três primeiros anos de mandato. Então, por que não termos eleição todos os anos? Assim teríamos obras e realizações o tempo todo!

Além das obras, ano eleitoral é a época que todas as crianças recebem carinho. Mesmo estando sujas, molhadas e cheias de “ranho”, elas recebem beijos, colo e cafuné em abundância. São mais acariciadas pelos candidatos que pelos próprios pais.

Também é a única época em que os motores de Fusca, Brasília, Corcel II, etc, geralmente abandonados no fundo do quintal, conseguem ganhar cheiro de combustível e roncar pelas ruas da cidade. Nessa época também paira no ar o cheiro de comida. Come-se churrasco como nunca, e os candidatos conseguem até fazer várias refeições em vários lugares quase ao mesmo tempo, parecendo verdadeiros superpoderosos.

O que se compra de óculos, dentadura, material de construção…! E nem é preciso se preocupar com o pagamento, pois alguém vai fazer isso e ainda agradecer pela oportunidade de ajudar. Os governantes reclamam da falta de verbas, mas parece que em época de eleição sempre ocorrem milagres da natureza.

Verbas e mais verbas aparecem do nada para satisfazer as necessidades dos candidatos sedentos por votos. Nesse tempo temos vantagens, comida e tudo mais de maneira abundante. Além disso, todos são amigos até debaixo d’água e os candidatos se tornam verdadeiros milagreiros, prometendo realizar sonhos e mais sonhos do povo que vive na miséria. Então, por que não fazer eleição todos os anos?


* As opiniões, comentários e abordagens incluidas nos artigos publicados nesta seção são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, o entendimento do Conselho Federal de Medicina (CFM).


 * Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.


* Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.