Escrito por Luiz Carlos de Teive e Argolo, presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP)

A ANMP (Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social) vê com satisfação a criação da Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas, resultado da fusão da Associação Brasileira de Medicina Legal (ABML) com a Sociedade Brasileira de Perícias Médicas (SBPM). Este é um importante passo para os profissionais médicos, de vários campos, que, ao contrário dos peritos médicos previdenciários, ainda não têm sua atividade regulada em Lei, nem a força de uma entidade com a força e representatividade nacional que possui hoje a perícia médica previdenciária.

Com mais de oito anos de existência e mais de cinco mil associados em todo o Brasil, a ANMP é hoje, sem dúvida, uma das mais estruturadas e respeitadas entidades da classe médica no país. Esperamos que os demais colegas peritos médicos possam alcançar a representatividade que a perícia médica previdenciária hoje goza. Sabemos que é um caminho difícil, principalmente porque são vários os campos e interesses que ligam os profissionais da nova entidade.

Ao ressaltar a importância da criação da Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas, relembramos que a perícia médica previdenciária, por sua especificidade, sua complexidade e principalmente por força da Lei que a criou, não pode ser confundida com as demais atividades periciais hoje existentes no país. Somos a única carreira médica típica de Estado, reconhecida pelo FONACATE (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado), com atribuições exclusivas que não podem, por Lei, serem exercidas por quaisquer outros profissionais.

Ao salientar que os caminhos da perícia previdenciária divergem das demais áreas da perícia, reafirmamos nosso entendimento de que é fundamental o reconhecimento da nova Associação não só pelo Conselho Federal de Medicina, mas por todas as entidades médicas que podem ajudar no crescimento deste segmento tão importante para a sociedade brasileira, formado pela medicina legal e diversas áreas de perícia como de trânsito e judicial, que necessitam de regulamentação e fortalecimento.

A ANMP espera poder ajudar a Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas em sua empreitada, que sabemos, será muito árdua. Parabéns e boa sorte!


* As opiniões, comentários e abordagens incluidas nos artigos publicados nesta seção são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, o entendimento do Conselho Federal de Medicina (CFM).


 * Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.


* Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.