Escrito por Jorge Ilha Guimarães*

É comum ouvirmos que o Brasil tem uma medicina de 1º mundo. Não é verdade! Temos a melhor e a pior medicina. Ocupamos a 70º posição no ranking mundial da saúde.

De acordo com o relatório da Organização Mundial de Saúde de 2014, o Brasil investe em saúde 474 dólares, por ano, por pessoa, enquanto os Estados Unidos gastam 3.967 dólares e a Argentina 852 dólares. O Brasil investe menos que a maioria dos países sulamericanos, 1/8 dos países de primeiro mundo e 1/10 dos paíse escandinavos. Saúde se faz com dinheiro e não com demagogia.

O Brasil implanta menos devices (próteses, órteses, etc) que todos os países da América do Sul. Implantamos 190 marca-passos por milhão de habitantes. A Alemanha implanta 1.267, Portugal 762. Mas, se compararmos apenas com a América do Sul , a Argentina implanta 382, o Uruguai 578 e Cuba 159. Só ganhamos de Cuba que tem uma das piores medicinas do mundo.

Metade dos infartados brasileiros não é atendida porque não chega a um hospital, ou se chega o local não tem recursos para diagnóstico, ou se tem, não tem recursos para tratamento. Aqueles privilegiados que são atendidos em grandes centros ou em locais com recursos recebem um bom tratamento, mesmo pelo SUS.

Neste cenário de grandes dificuldades da saúde pública brasileira, de falta de verbas para a educação e de enorme insegurança, assistimos estupefatos a maior roubalheira jamais realizada em um país dito democrático.
Gente, é muito dinheiro roubado! Mais do que o PIB de inúmeros países, mais do que os ladrões conseguiriam gastar na sua existência.

Ora, vejam se o dinheiro do roubo, maior que o orçamento da saúde do Brasil, fosse aplicado em saúde, estaríamos poupando incontáveis vidas, estaríamos dando melhores condições de vida para milhões de brasileiros. Também poderíamos dar mais educação, mais segurança, mais autoestima ao nosso povo.

E nossos bandidos recebem penas leves, logo sendo soltos da cadeia, porque não houve homicídios, apenas roubo de dinheiro. Como não? E as vidas que não serão salvas?

E nossa presidente justifica dizendo que corrupção existe desde o descobrimento do Brasil. A maioria do povo brasileiro trabalha muito, é honesta, ética e deseja viver num país com um mínimo de moral.

 

* É ex-presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia e não tem filiação partidária.

      

* As opiniões, comentários e abordagens incluidas nos artigos publicados nesta seção são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, o entendimento do Conselho Federal de Medicina (CFM).

 

 * Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.

 

* Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.