Escrito por Sebastião Aires de Queiroz*
George Papanicolau
Foi brilhante sábio grego
Que à ciência devotou
Muito amor e grande apego.

Devemos ao mestre um teste
De relevância inconteste
E de universal emprego.

“Teste Papanicolau”
É um exame citológico
De material colhido
Em sítio ginecológico –
Colo uterino e vagina.
Tal secreção se examina
Com rigor tecnológico.

Desses órgãos genitais
Ele colhe informações
Quanto a células e tecidos
Que apresentem alterações,
Com áreas degeneradas
E que sejam interpretadas
Como malignas lesões.

O Vírus “HPV”,
Por grupos mais agressivos,
É o causador principal
Dos efeitos destrutivos
Que dão câncer cervical,
Um grave e temível mal
Nos seus surtos invasivos.

Todo exame positivo
Demanda confirmação,
Através de outros testes
Que dão certificação.
“PAP-TEST” é preventivo Mas não é confirmativo
De maligna lesão.

Este teste valioso
Pode ser realizado
Em um Posto de Saúde
Que se encontre aparelhado
Pra colher o material,
Com técnica especial,
Para ser examinado.

As jovens com dezoito anos,
Ativas, sexualmente,
Deverão fazer o teste,
Ao menos, anualmente.
Se vários foram os parceiros,
Amantes ou companheiros,
Que o façam precocemente.

Quem tem quarenta ou cinqüenta,
Ou está na “Melhor Idade”,
Deve submeter-se ao teste,
Ao qual tem prioridade
Fazê-lo é conveniente,
Já que é útil e eficiente,
Na busca da enfermidade.

Como fatores de risco
Dos cânceres cervicais,
Estão a promiscuidade
E moléstias sexuais;
Partos múltiplos, seguidos,
E os asseios comedidos,
Vulvares ou vaginais.

Genitais inflamações,
Freqüentes ou persistentes;
Sexuais infecções,
Repetidas, recorrentes,
Pedem exames citológicos,
Como testes oncológicos,
Exigíveis, pertinentes.

Diagnóstico precoce
Quanto ao câncer cervical
Resulta em cura efetiva
Em grande percentual.
Casos menos avançados,
São tratados ou curados
Com operação radical.

Não tenham medo ou vergonha
Deste exame valioso.
Pouco incomoda, e não é
Agressivo ou doloroso.
Como teste preventivo
É seguro e decisivo, Importante e valioso.

* É médico USF (Mangabeira VII – “C”)

* As opiniões, comentários e abordagens incluidas nos artigos publicados nesta seção são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, o entendimento do Conselho Federal de Medicina (CFM).


 * Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.


* Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.