ABRIL VERDE: campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho tem apoio do CFM Imprimir
Seg, 10 de Abril de 2017 12:50

 

 

abril verde gd2

 

O Ministério do Trabalho lança nesta terça-feira (11), às 14h, a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Canpat), com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância do desenvolvimento de uma cultura de prevenção de acidentes e doenças do trabalho. A Canpat faz parte do movimento Abril Verde, conjunto de ações realizadas pela sociedade para dar visibilidade ao tema da segurança e saúde no trabalho.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) empenha apoio à inciativa. Para tanto, definiu uma estratégia de comunicação focada nos 420 mil médicos brasileiros, que, durante o mês de abril, serão alertados sobre o tema por meio de reportagens no site e no jornal da autarquia, assim como em cards e posts inseridos em suas páginas em redes sociais. A autarquia é o único conselhos de fiscalização da atividade profissionals a colaborar com a iniciativa.

O tema da Canpat em 2017 é "Conhecer para Prevenir". O foco é dar visibilidade à prevenção de acidentes e às doenças do trabalho, que atingem, diretamente ou indiretamente, a todo o conjunto da sociedade. "A consolidação de uma cultura de prevenção depende de cada um de nós. É essencial que o cidadão brasileiro perceba que, quando acontece um acidente do trabalho, toda a sociedade é impactada", afirma o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. "Ocorrem no Brasil, em média, mais de 2.800 mortes de trabalhadores por ano, oito por dia, uma a cada três horas. Cada acidente de trabalho que acontece é catastrófico em termos individuais, familiares e sociais", acrescenta.

Estão previstas, para todo o país, ações conduzidas pelo Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho (DSST), que integra a Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério do Trabalho, e pelas superintendências e gerências do Ministério. A cerimônia de abertura da Canpat, na sede do Ministério do Trabalho, em Brasília, nesta terça-feira (11), terá a participação do ministro Ronaldo Nogueira.

De 11 a 13 será realizado um grande operativo nacional, com inspeção em rodovias, e de 18 a 24 será a vez dos operativos estaduais, voltados aos ambientes em que mais ocorrem acidentes na área de cada regional. O encerramento da campanha será no dia 28, com seminários e palestras nas superintendências e gerências e a cerimônia nacional de encerramento em Brasília. O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (DSAST), e o Conselho Federal de Medicina (CFM) são parceiros do Ministério do Trabalho na campanha.

De acordo com o presidente do CFM, Carlos Vital, "a medicina pode oferecer excelente contribuição à prevenção dos acidentes de trabalho e à melhora da qualidade de vida dos trabalhadores. Os médicos têm papel relevante no processo de prevenção às doenças e acidentes ocupacionais. Essa é uma missão a ser cumprida com dedicação em prol da saúde dos trabalhadores brasileiros".

Ainda durante o mês de abril, quando, no dia 28, será celebrado o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, a sede da autarquia, em Brasília (DF), ficará iluminada na cor verde. Os 27 Conselhos Regionais de Medicina (CRMs) também foram convidados a integrar o movimento, com ações no mesmo sentido. A meta é fortalecer o esforço de prevenção aos riscos de acidentes em ambiente laboral.

 

* Com informações do Ministério do Trabalho.