Rede dos Conselhos de Medicina
Dia Mundial de Luta contra a Aids deste ano tem foco na prevenção, teste e tratamento oferecidos pelo SUS Imprimir E-mail
Ter, 10 de Dezembro de 2019 18:43
campanha hiv-aids2019

Com o conceito “HIV/aids. Se a dúvida acaba, a vida continua”, o Ministério da Saúde lança uma campanha publicitária com o objetivo de mudar, na população jovem brasileira, a atitude e a percepção da importância da prevenção, teste e tratamento do HIV para evitar a aids.

Ainda existe um grande número de pessoas que não sabe que vivem com o vírus HIV. Hoje, no Brasil, são 548 mil pessoas em tratamento do HIV/aids com níveis indetectáveis para o vírus e cerca de 135 mil brasileiros vivem com HIV e não sabem. Apesar dos números, a epidemia está estabilizada no país, mas o vírus cresce entre os homens jovens, faixa etária mais vulnerável. A aids não tem cura, mas tem tratamento e prevenção.

Com o mote “E Se?”, a ação traz a dúvida aos jovens que não usaram camisinha e estimula a atitude de se fazer o teste de HIV com o objetivo de acabar com essa dúvida. E, se o teste de HIV der positivo, informamos que, com o tratamento adequado, o HIV pode ficar indetectável e a pessoa não desenvolve a aids. Todo o tratamento é oferecido pelo SUS, gratuito, seguro e eficaz.

A comunicação ressalta também que, mesmo com o resultado negativo, é importante continuar usando camisinha e se protegendo do HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis – IST.

A campanha tem filme para TV, peças de mídia exterior como outdoor social, DOOH, peças para internet e redes sociais, cartazes e spot para rádio.

 

 

 

Fonte: Agência Saúde

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner