Rede dos Conselhos de Medicina
Profissionais de Saúde serão treinados para Atendimento Pediátrico Imprimir E-mail
Qui, 25 de Julho de 2002 21:00
O ministro da Saúde, Barjas Negri, e o presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, Lincoln Marcelo Freire, assinaram, em Brasília, protocolo para capacitação de 5.400 profissionais de saúde. O presidente do Conselho Federal de Medicina, Edson de Oliveira Andrade, esteve presente na cerimônia. De acordo com o documento, serão treinados pediatras, obstetras, anestesistas, neonatologistas, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem envolvidos nas ações de assistência perinatal e neonatal do Sistema Único de Saúde (SUS). O protocolo prevê a realização de cursos para reanimação neonatal e para o atendimento à criança e ao adolescente, vítimas de trauma ou com doença aguda grave, inclusive em situação de emergência. Os cursos serão realizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria com o financiamento do Ministério da Saúde, que investirá R$ 1,3 milhão. Portarias Durante o evento, o ministro da Saúde assinou outras duas portarias que beneficiam o atendimento perinatal e neonatal. Uma das portarias estabelece o pagamento, pelo SUS, de pediatras e neonatologistas, quando o atendimento ao recém-nascido for feito na sala de parto de hospitais de referência para gestantes de alto risco. A outra portaria cria o Comitê Técnico Assessor em Assistência Perinatal e Neonatal para assessorar a Secretaria de Assistência à Saúde (SAS) na coordenação dos trabalhos.
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner