Escrito por Sebastião Aires de Queiroz*


Quero amor, quero respeito
E repilo o preconceito
E a vil discriminação.
Não quero ser humilhado,
Ofendido e rejeitado
Só porque sou um ancião (ã).

Pela família lutei,
E por ela laborei
Ao longo de minha vida.
Não quero agradecimento
Mas só reconhecimento
E hospitaleira acolhida.

Ao exercer uma profissão,
Sempre agi com correção
Perante a sociedade.
Minha contribuição,
Para o bem desta nação
Foi da melhor qualidade.

Trabalhei de sol a sol,
Em benefício ou em prol
Da grandeza do Brasil.
Bem mereco a regalia
De uma aposentadoria
Ou de pensão menos vil.

Não roubei, não saqueei ,
Jamais me locupletei
Das riquezas do país.
Sempre paguei meus tributos
Com quais, muitos corruptos
Formaram bandos, covis

Não gosto de truculência,
Nem aceito violência,
Maus-tratos e humilhações.
Não quero ser enganado,
Nem tão pouco cortejado
Com hipócritas louvações.

Após tantos sacrifícios,
Faço jus a benefícios
Médicos e sociais.
E quero gratuidade
Nos transporte da cidade
E nos interestaduais.

Nos eventos culturais,
Ingressos especiais
São direitos dos idosos.
Fiz muito por merecer,
O desfruto do lazer
E de “hobby” prazerosos.

Na ocorrência de pendência
Eu devo ter preferência
Em sua tramitação.
Pra ganhar ou pra perder,
Devo sempre merecer
Celeridade na ação.

Nos estacionamentos
Dos estabelecimentos,
Oficiais ou privados,
Eu tenho direito a vagas,
Ainda que sejam pagas
E me custem alguns trocados.


Idosos sempre carecem
E de todos nós merecem
Apreço e veneração.
Dedicaram suas vidas
Às pessoas mais queridas
Que lhes devem gratidão.

Às vezes, ninguém pressente
Quanto o idoso é tão carente
De amor, carinho e atenção.
Que é um maior abandonado
E, não raro, relegado
A uma infeliz solidão.


* Sebastião Aires de Queiroz é médico da USF Mangabeira

 

* As opiniões, comentários e abordagens incluidas nos artigos publicados nesta seção são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, o entendimento do Conselho Federal de Medicina (CFM).


 * Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.


* Os textos para esta seção devem ser enviados para o e-mail imprensa@portalmedico.org.br, acompanhados de uma foto em pose formal, breve currículo do autor com seus dados de contato. Os artigos devem conter de 3000 a 5000 caracteres com espaço e título com, no máximo, 60.
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.