Nova edição do jornal Medicina destaca decisões da Justiça em defesa do Ato Médico Imprimir
Ter, 09 de Abril de 2019 19:01

O bloqueio de tentativas de invasão de competência promovidas por outras categorias profissionais é o principal destaque da edição nº 288 do jornal Medicina. A publicação está disponível na plataforma online Publicações CFM e detalha as decisões tomadas em diversas instâncias do Poder Judiciário que impediram a prática de atos médicos por profissionais como dentistas, farmacêuticos e optometristas.

O boletim traz também informações sobre a exigência de diploma de médico para inscrição no Revalida – Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Ensino Superior. A obrigatoriedade foi consolidada pela Advocacia Geral da União (AGU) na 1ª Região da Justiça Federal.

Outro destaque são as ações de fiscalização dos Conselhos de Medicina nos estados, realizadas em hospitais, ambulatórios, e unidades básicas de saúde. Essas e outras informações estão disponíveis na nova edição do jornal Medicina. Acesse aqui a publicação.