Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
CRM-MG e CFM divulgam nota contra a violência Imprimir E-mail
Ter, 14 de Novembro de 2017 14:07

Um alerta contra a violência e a reivindicação de políticas de Estado para evitar que o País contabilize mais mortes dela decorrentes. Estes foram temas de nota publicada nesta terça-feira (14) pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG) e o Conselho Federal de Medicina (CFM), como consequência da morte do médico Antonio Leite Alves Radicchi, vítima de um crime ocorrido em Belo Horizonte (MG).

No documento que foi divulgado à sociedade, as entidades cobram das autoridades estaduais e municipais medidas que protejam a população como o "aumento do policiamento, a celeridade da justiça na punição de criminosos e medidas de caráter preventivo e educativo".

"Trata-se de mais um assassinato por motivo torpe, que ocorre num momento em que a sociedade vivencia grande preocupação com o aumento da violência", diz o texto, que expressa solidariedade aos familiares, amigos e alunos de Antonio Leite Alves Radicchi, que também era professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Leia abaixo a íntegra da nota ou clique aqui para fazer o download do documento:

NOTA À SOCIEDADE

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) vêm a público lamentar o crime cometido nesta segunda-feira (13), em Belo Horizonte (MG), que levou à morte Antonio Leite Alves Radicchi, de 63 anos, médico e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Trata-se de mais um assassinato por motivo torpe, que ocorre num momento em que a sociedade vivencia grande preocupação com o aumento da violência e da percepção de insegurança. Isso exige a tomada de providências urgentes por parte das autoridades estaduais e municipais para que a população possa resgatar sua tranquilidade.

O aumento do policiamento, a celeridade da justiça na punição de criminosos e as medidas de caráter preventivo e educativo devem ser adotadas de forma ostensiva como políticas de Estado e não de Governo. Essas são reinvindicações de toda a sociedade.

Assim, quando se assiste a violência ceifar a vida de mais um cidadão em decorrência da falta de providências por parte dos gestores, o CRM-MG e o CFM manifestam seu pesar e sua solidariedade aos familiares, amigos e alunos do professor doutor Antonio Leite Alves Radicchi, que ao longo de sua trajetória demonstrou compromisso com a defesa da saúde e da educação de qualidade.

Belo Horizonte (MG), 14 de novembro de 2017

Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG)
Conselho Federal de Medicina (CFM)

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br