Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
CRM-PR presta homenagem aos exemplos éticos do Paraná, em comemoração ao Dia do Médico Imprimir E-mail
Sex, 20 de Outubro de 2017 10:37

Conselho Regional de Medicina do Estado do Paraná confere diploma de Mérito a 67 profissionais com 50 anos de formados e também a Medalha de Lucas a dois expoentes de causas sociais e humanitárias
 

O Conselho Regional de Medicina do Paraná promove na manhã deste sábado, 21, a tradicional solenidade comemorativa ao Dia do Médico, em sua sede em Curitiba. Além da entrega do Diploma de Mérito Ético-Profissional a 67 médicos de diferentes regiões do Estado que completaram 50 anos de formados com histórico exemplar, o CRM-PR ainda vai conferir a Medalha de Lucas – Tributo ao Mérito Médico a dois outros renomados profissionais com destacada atuação ética, social e humanitária: os professores Luiz Carlos Sobania, de Curitiba, e João Henrique Steffen Júnior, de Londrina.
 
A Medalha de Lucas, honraria instituída em 1996, até hoje tinha sido conferida a somente outras 12 personalidades da Medicina paranaense, dentre elas Júlio Raphael Gomel, fundador do Lar Bom Caminho, Zilda Arns Neumann, da Pastoral da Criança, Hélio Brandão, do Clube da Soda, e o Prof. João Manuel Cardoso Martins, editor da revista cultural médica “Iátrico”, todos de saudosa memória. Marcada por rigoroso processo seletivo, a comenda tinha sido entregue pela última vez em 2013. Na cerimônia, ainda, haverá o lançamento do livro que reúne as poesias e prosas concorrentes do Concurso Literário Médicos do Paraná 2017.
 
Medalha será entregue a renomados profissionais que se destacaram pela atuação ética, social e humanitáriaMedalha de Lucas -  O ortopedista Luiz Carlos Sobania, que completa 80 anos de idade no fim do mês, tem 56 anos de dedicação à Medicina e em 2011 já tinha recebido o Diploma de Mérito Ético na passagem do Jubileu de Ouro. Especialista em ortopedia e traumatologia, foi professor titular nos cursos de Medicina da UFPR e PUCPR, tendo sido diretor geral do Hospital de Clínicas e secretário estadual de saúde. Ainda presidiu a SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia) e o Conselho de Medicina do Paraná, além de representar o Estado no Conselho Federal de Medicina, do qual foi vice-presidente. Foi um dos mentores e responsáveis pela implantação do projeto piloto do Siate em Curitiba, sistema de atendimento de urgência e emergência que, hoje, 27 anos depois, está enraizado no País.
 
Nascido no interior paulista e formado em 1949 pela USP, o ginecologista e obstetra João Henrique Steffen Júnior radicou-se logo em seguida em Londrina, com expressiva participação em projetos sociais e de valorização da Medicina, empenhando-se na expansão das organizações médicas, inclusive da Regional do CRM-PR. Foi um dos pioneiros do curso médico na Universidade Estadual de Londrina e também fundador do Hospital Evangélico, que dirigiu por mais de 30 anos. Participou da criação do Rotary Club Londrina Norte e engajou-se em muitas causas solidárias. Em 2009 recebeu o título de cidadão honorário de Londrina. Pelo Conselho, já tinha recebido o Diploma de Mérito Ético, em 2000, e o de Honra ao Mérito, em 2012. Prestes a completar 94 anos de idade (12 de novembro) e 67 anos de formado, Steffen continua em plena atividade, inclusive desempenhando a função de delegado do CRM em Londrina.
 
Diploma de Mérito Ético -  Instituído em 1986, em iniciativa inaugural entre os Conselhos de Medicina, o Diploma de Mérito Ético-Profissional exige que sejam merecedores médicos com 50 anos 67 médicos com 50 anos de formado e histórico ímpar, sem registro de sanção disciplinar na carreira, também serão homenageados com o Diploma de Mérito Éticode formado e histórico ímpar, sem nenhuma sanção disciplinar na carreira. Neste ano, dos 67 homenageados, sete são mulheres. Também há duas distinções in memoriam. Grande parte do grupo formou-se pela UFPR, pela Federal do Rio de Janeiro e Católica do Paraná. A maioria reside em Curitiba (30) e Londrina (9). Dentre os muitos professores da área médica estão alguns que participaram da primeira turma de formandos da UEL, em 1972: o cardiologista José Eduardo de Siqueira, o nefrologista Pedro Alejandro Gordon e o cirurgião torácico João Carlos Thomson, que teve a esposa, também docente, homenageada em 2016 com o Diploma de Mérito.
 
O presidente do CRM-PR, Wilmar Mendonça Guimarães, assinala que a condecoração desses grandes expoentes da Medicina tem importante efeito como exemplo na conduta ética dos jovens médicos, em especial num momento de expansão desenfreada de cursos e discutível qualidade formadora. Somente o Paraná deve começar 2018 com pelo menos 18 escolas médicas e mais de 1,6 mil alunos ingressantes.


Fonte: CRM-PR

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br | CNPJ: 33.583.550/0001-30