Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Câmara dos Deputados realiza sessão solene e lança Frente Parlamentar em Defesa da Medicina Imprimir E-mail
Qua, 18 de Outubro de 2017 16:51

A Câmara dos Deputados realizou na manhã desta quarta-feira (18) uma sessão solene em homenagem ao Dia do Médico, que contou com a participação de dezenas de deputados e de representantes de várias entidades médicas. “Embora hoje seja um dia de reconhecimento e agradecimento à classe médica, é importante dizer que temos pouco a comemorar. Como representante do Conselho Federal de Medicina (CFM) tenho a obrigação de falar da crise na saúde. O subfinanciamento, que não tem cor partidária, nem governo, tira as condições de trabalho do médico e está deixando a população brasileira desassistida”, afirmou o presidente do CFM em exercício, Mauro Ribeiro.

18 de outubro: sessão solene na Câmara dos DeputadosO representante do CFM também criticou a abertura indiscriminada de escolas médicas, que classificou como uma “bomba armada”. “Em 30 anos seremos 1,5 milhão de médicos, a maioria com formação em faculdades sem locais de prática, o que, em último plano, vai prejudicar a população”, denunciou. Mauro Ribeiro defendeu também mudanças na lei do Mais Médicos. “É urgente que esta Casa faça as reformulações necessárias. E para tanto, temos de aprender a praticar o jogo político, com ética e respeito. Daí a importância do lançamento, hoje, da Frente Parlamentar em Defesa da Medicina (FPMED)”, afirmou.

Mauro Ribeiro se referiu à Frente, lançada nesta quarta-feira (18), que vai reunir deputados, senadores e entidades da sociedade civil na defesa da prática médica. O criador e coordenador da FPMED, deputado federal e ortopedista Mandetta (DEM/MS), afirmou que o médico geralmente está preocupado com o paciente e não faz o trabalho político necessário, o que acaba se refletindo na aprovação de leis contrárias ao ato médico.

“Todos os governos buscam se eximir de suas responsabilidades na área de saúde, jogando a culpa no médico. É comum secretários de saúde afirmarem que faltam profissionais e ministros da saúde acusarem médicos de fingirem trabalhar. Temos de nos organizar para defendermo-nos desses ataques”, afirmou Mandetta.

O deputado federal defendeu a criação da carreira exclusiva do médico. “A medicina não vai chegar no Alto Xingu de dependermos apenas do mercado”, argumentou. O coordenador da FPMED também ponderou pela necessidade de união das entidades médicas na defesa das causas médicas. “O nosso desafio está na unidade. Os nossos adversários são os governantes”, ressaltou.

Também participaram da homenagem, presidentes de várias associações médicas e de residentes, sociedades de especialidades e representantes da Associação Médica Brasileira (AMB), Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e da Federação Médica Brasileira (FMB).

Dezenas de deputados subiram à tribuna para elogiar a classe médica e defenderam a valorização dos profissionais. Entre os parlamentares presentes, louvaram o Dia do Médico, Jorge Nunes (PMDB/TO), Raquel Muniz (PSD/MG), Marcos Pestana (PSDB/MG), Hiran Gonçalves (PP-RR), Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), Mariana Carvalho (PSDB/RO) e Jandira Feghali (PCdoB/RJ).

Também prestaram homenagem aos médico os deputados Antônio Jácome (Podemos/RN), Jorge Solla (PT/BA), Marcos Montes (PSD/MG), Weliton Prado (PROS/MG), Izalci Lucas (PSDB/DF), Professor Victoria Galli (PSC/MT), Mário Hering (PDT/MG), Mauro Pereira (PMDB/RS), Alexandre Sefiottis (PMDB/RS), Jorge Silva (PHS/ES), Onyx Lorenzoni (DEM/RS) e Geraldo Resende (PSDB/MS).

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br | CNPJ: 33.583.550/0001-30