Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Observatório do SUS - Roraima Imprimir E-mail
Ter, 09 de Agosto de 2011 18:42

Situação da Saúde em Roraima preocupa CRM 

Movimentos Médicos buscando melhorias estão acontecendo com apoio do CRM. 

Os pediatras do Hospital da Criança Santo Antonio, insatisfeitos com as péssimas condições de trabalho naquela Unidade Pública de Saúde, sob a gestão da Secretaria Municipal de Saúde de Boa Vista, resolveram iniciar um movimento de conscientização da população. O objetivo é mostrar para a sociedade a grave situação pela qual passa o único hospital de referência em pediatria do Estado de Roraima. 

O hospital da Criança Santo Antônio, que passou a ser um marco na história da pediatria roraimense, prestando serviços de qualidade em todas as áreas do atendimento infantil, inclusive com a única UTI pediátrica do Estado e enfermarias adaptadas para pacientes indígenas, mergulhou numa decadência sem precedentes. Ali, também nasceu a primeira residência médica de Roraima, criada para fixar no Estado os egressos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Roraima (UFRR), uma vez que a carência de pediatra era e continua grande. 

O Hospital da Criança, outrora motivo de orgulho para a população e para seus servidores, vem causando insatisfação a toda população com a falta de médicos, equipamentos, medicamentos, material cirúrgico e de laboratório. Os médicos da UTI pediátrica estão trabalhando sem o mínimo de parâmetros para manter estabilizados seus pacientes, pois, os monitores estão sempre com defeitos e nem todos os dias é possível fazer as gasometrias. 

O movimento por melhores condições de trabalho começou timidamente e cresceu com a participação do Conselho Regional de Medicina do Estado de Roraima (CRM-RR) que tem estado ao lado dos médicos participando das reuniões e conduzindo este movimento, considerado de vanguarda, dos jovens pediatras de Roraima. 

“Os pediatras se sentem inseguros durante suas atividades naquele ambiente de trabalho, porém não fizeram nenhum movimento grevista, por entenderem que a população não pode ser mais penalizada do que vem sendo. A forma encontrada foi denunciar a precarização do trabalho médico em todos os seus aspectos, bem como os riscos a que estão expostos aqueles profissionais, assim como os usuários daquele serviço de saúde infantil”destacou o presidente do CRM-RR, Wirlande da Luz. 

“Fizemos alerta à população através de panfletagem, notas nos canais de TV, imprensa escrita, site do CRM e redes sociais”, destacou Wirlande, enfatizando que  o movimento vai continuar até que se reverta essa grave situação. Na semana dedicada à pediatria, o CRM-RR intensificou ações de entrevistas e panfletagem. O Dia do Pediatra é comemorado em 27 de julho. 

 

Fonte: Conselho Regional de Medicina do Estado de Roraima (CRM-RR)

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br | CNPJ: 33.583.550/0001-30

FECHAR X