Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Membrana bioativa acelera a cicatrização Imprimir E-mail
Ter, 22 de Junho de 2004 21:00
Uma tecnologia desenvolvida no Brasil durante dez anos poderá ajudar pessoas com úlceras crônicas e feridas causadas por pressão (escaras) ou por diabetes. Previsto para ser lançado nesta semana, o produto contém uma proteína vegetal que estimula a formação de vasos sangüíneos (angiogênese) e, conseqüentemente, de novos tecidos, acelerando a cicatrização da ferida. Preparado à base de látex, o Biocure é classificado como uma membrana bioativa, pois, além de proteger a lesão como os curativos tradicionais, ele age sobre o organismo. A cicatrização de uma úlcera crônica de médio porte demora cerca de oito semanas e consome 20 curativos, exemplifica a nefrologista Eleonora Silva Lins, coordenadora do departamento médico da Pelenova Biotecnologia, empresa que está lançando o produto. Cada unidade da membrana, que é descartável, custa R$ 28,50. Úlceras crônicas são freqüentes em pacientes com problemas circulatórios graves. "Se a circulação não é adequada, ocorre o comprometimento da irrigação da pele e isso dificulta a cicatrização. Às vezes, uma ferida pode demorar mais de dez anos para fechar", diz Lins. Em diabéticos cuja doença não está sob controle, a circulação também fica comprometida. "A ferida pode se tornar uma porta de entrada de bactérias", afirma a presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Valéria Guimarães. Lesões crônicas, diabéticas ou por pressão passam por diferentes estágios, e cada uma dessas fases deve ser tratada de maneira diferenciada, explica a enfermeira Beatriz Farias Alves Yamada, presidente da Sociedade Brasileira de Estomaterapia, área da enfermagem especializada em feridas. "Acredito que o Biocure vem se somar às opções disponíveis no Brasil." O novo curativo é contra-indicado para pessoas com alergia a látex e não deve ser usado em feridas provocadas por câncer. Apesar de não ser necessária prescrição médica para comprar o produto, a empresa recomenda ao paciente que consulte seu médico antes de usá-lo. Informações: tel. 0/xx/11/3167-6676. Estima-se que de 10% a 14% da população mundial sofra de dependência química e alcoolismo Bits estimulantes Após analisarem os testes de cognição de 122 crianças com idade entre três e cinco anos, pesquisadores norte-americanos constataram que aquelas que usavam computador de três a quatro vezes por semana, em casa ou na escola, obtiveram resultados melhores que os pimpolhos que não tinham acesso a essa tecnologia. O estudo foi publicado na revista médica "Pediatrics". Cítricos contra artrite Alimentos ricos em vitamina C, como frutas cítricas, pimentão, tomate e repolho, ajudam a reduzir o risco de artrite reumatóide. Pesquisa britânica com mais de 23 mil pessoas, divulgada pela revista "Annals of Rheumatic Diseases", constatou que a possibilidade de ter a doença era duas vezes maior entre as que consumiam a quantidade menor de alimentos com vitamina C. Por dentro da barriga O guia "A Bíblia da Gravidez" (392 págs., R$ 139, ed. CMS, tel. 0/xx/11/5055-5655) explica o que acontece da concepção à amamentação, passando por todas as fases da gestação. Lançado nos Estados Unidos e no Reino Unido no ano passado, o livro foi adaptado para o Brasil pelos médicos Wladimir Taborda e Alice D'Agostini Deutsch. Exercícios para os ossos Entre 13 e 15 anos de idade, fase em que é constituída grande parte da massa óssea feminina, é mais importante praticar atividade física que consumir grandes quantidades de cálcio. Segundo estudo de dez anos com 80 voluntárias, feito na Faculdade Estadual de Medicina da Pensilvânia (EUA), mulheres que se exercitaram na adolescência apresentam maior densidade óssea. Palestras sobre psoríase Trocar informações sobre a doença e seu tratamento é o objetivo do 2º Encontro Municipal de Psoríase e do 1º Encontro Multidisciplinar de Psoríase, eventos gratuitos que serão realizados simultaneamente no sábado, 19/6, a partir das 8h, em São Paulo. Inscrições: tel. 0/xx/11/3111-2255. Da Assessoria de Imprensa do Cremepe. Com informações da Folha de São Paulo.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Federal de Medicina -Todos os direitos reservados
SGAS 915 Lote 72 | CEP: 70390-150 | Brasí­lia-DF | FONE: (61) 3445 5900 | FAX: (61) 3346 0231| E-mail: cfm@portalmedico.org.br